Sábado, Julho 13

Dentro de hospitais que tratam lesões cerebrais na Ucrânia

Dentro de hospitais que tratam lesões cerebrais na Ucrânia
Mykhaylo Bielov, 31 anos, soldado da guarda nacional da Ucrânia, defendia a cidade de Bakhmut, no leste, em 31 de dezembro de 2022, quando uma granada russa explodiu acima de sua cabeça.

“Lembro-me de uma luz branca e de como ela disparou”, disse ele. “Lembro-me de apagar o fogo do meu uniforme e cuspir meu dente.”

A cirurgia de emergência no hospital Mechnikov salvou sua vida. Ele passou um mês em coma. Sua recuperação levará anos.